Fundo lig/desl

Inscrever-se

 

Continuar

Continuar Ao criar uma conta, você estará concordando com os Termos de serviço e a Política de privacidade

ORIGEM DA OPERAÇÃO

Dia 1,825, 06:20 Publicado em Brazil Brasil por Ichi nii


Os artigos são para meus amigos e assinantes, se gostarem me adicionem e assinem.

Obrigado.



Então amigos para dar continuidade na minha estória, terei que começar a citar nomes de jogadores, porem não vou mais linkar ao perfil e gostaria de lembrar que isso é fictício, qualquer semelhança que houver com a realidade será mera coincidência. E para valorizar o texto vou remover as imagens e deixar mais limpo para leitura.

Boa leitura.

Episódio 1: INICIO DA CONSPIRAÇÃO.
Episódio 2: CONSPIRAÇÃO: A PREPARAÇÃO
Episódio 3 – Inicio da Caçada
Episódio 4: A ESTÂNCIA
Episódio 5: VISITA À LIMA
Episódio 6: A CAMINHO DE CUZCO
Episódio 7: A CAPTURA
Episódio 8 : A INICIALIZAÇÃO
Episódio 9 : VIAJANTES OCULTOS
Episódio 10 :INVASÃO DO CATAMARÃ
Episódio 11 : COMUNICADO DO INCIDENTE


Episódio 12 : ORIGEM DA OPERAÇÃO


Sentado na cabine de comando, Kongha sentia que estava muito perto de realizar o seu plano de humilhar a Espanha, e contava com a ajuda de Alexandre Limberg e Bohemias para dizer ao D.Lion e And-Galo, ali presente como todo aquele tormento começou para eles e sua milícia, há meses atrás no dia 07 de Setembro, feriado nacional no Brasil, o dia de uma Guerra de Resistência em Lisboa. Devido a uma forte repressão contra os portugueses, notadamente pelo governo Espanhol, inclusive com a ajuda do governo brasileiro, alguns membros do CAT que viviam na periferia das grandes cidades portuguesas estavam cooperando mais e mais com os portugueses para resistir e trazer de volta os territórios originais de Portugal aos seu legítimo dono. Os distúrbios nas ruas ficaram muito intensos desde 2012, e o número de carros incendiados durante as ondas de protestos, era marca registrada daquela revolta, passava sempre de mil. Também estava aumentando o número de feridos e mortos nos ataques.


Os distúrbios na península Ibérica em 2012 atingiram muitas cidades e foram extremamente violentos.


Naquele 07 de Setembro em especial, contava o velho médico Bohemias, que ele estava como sempre, por trás dos manifestantes, segurando sua maleta, pronto para socorrer os rapazes que poderiam sair feridos daqueles confrontos com o exercito.


Apos foi a vez de Alexandre Limberg lembrar que naquele dia estava em Extremadura, uma região vizinha a Lisboa (ao norte do Lisbon Portela Airport), onde jovens Espanhóis destruíram o Royal Monastery of Santa Maria de Guadalupe, e uma estação de trem do centro. A reação dos portugueses foi violenta, os jovens usaram Metralhadora MT 40 Taurus e Bazucas AT-4 contra as tropas Espanholas.


Porém algo de marcante aconteceu naquele dia e Kongha continuava a contar a história que mudaria tudo..


A muito tempo que os líderes das Unidades Militares portuguesas acreditavam que atiradores de elite eram usados para disparar contra cidadãos portugueses, atingindo mortalmente na cabeça, muitos dos manifestantes da resistência. Os manifestantes acreditavam que eram tiros certeiros e não mero acaso.


Naquele dia, enquanto faziam uma ronda pela capital portuguesa um dos integrantes do CAT – Brasil foi violentamente atingido na cabeça por uma bala destes franco atiradores tendo morte quase que instantânea. Um cinegrafista amador filmou toda a cena que imediatamente foi postada na internet.


Porém nunca se descobriu quem atirou e o governo Espanhol atribui o caso a uma fatalidade, ou seja, uma bala perdida em meio a uma guerra civil e ponto final. A saber, da morte de um dos integrantes de seu Regimento o líder Maguilao teve um infarto e passou vários dias internado, porém se recuperou.

Para Arguille e o eVingador tudo aquilo era inacreditável, e para alguns recém chegados a milícia como o próprio D.Lion era fácil não entender bem o que estava acontecendo.


O ódio tomou conta do coração da família CAT – Brasil e eles procuraram vingança, mas foram impedidos pelos lideres nacionais de tomarem uma atitude. Então Kongha que era muito importante para a milícia, com a ajuda e e-XallaX e Bonna planejaram a meses essa operação.


Kongha já era conhecido entre eles como o cérebro estrategista em muitas das ações de guerra da unidade. Já o seu amigo e-XallaX, como dito era especialista em explosivos porém com menos instrução poderia até comparado a maioria daqueles que eram lançadas nas frentes para enfrentar os Espanhóis porém era uma pessoa respeitada no meio deles.


A cúpula do CAT - Brasil tinha outros planos para Lisboa tanto que deixaria para mais para frente, um dia, uma noite a liberação de um ataque coordenado de resistência para liberação da região.


Os líderes pensaram em uma chance de causar a Espanha uma grande humilhação, mas eles teriam que se dedicar completamente a esta missão, inclusive alguns tendo de ir morar em outros países por muito tempo com uma identidade falsa.


Depois de muito pensar Kongha apresentou a proposta, e teve a garantia de que cúpula do CAT - Brasil iria prover as todas necessidades desta operação, que agora estaria sob a sua responsabilidade.


Foram longos meses de preparação, onde ele e outros se prepararam para desferir este duro golpe contra a Espanha. Durante todo este tempo os homens ali presente naquela cabine aprenderam sobre espionagem e conta-espionagem, armas, explosivos, luta corpo-a-corpo, fuga e evasão e tantas outras coisas.


Só uma única vez a sua missão se viu ameaçada quando o outro líder felino o Bonna, entrou em atrito com um ex-presidente do Brasil a respeito de atitudes governamentais, um ano antes da execução desta sua missão.


Em reação, o serviço secreto Espanhol se tornou mais ameaçador e a suas ações clandestinas de eliminação de lideranças rebeldes Portugueses, Argentinos,Colombianos e Brasileiros se tornaram mais constantes na região.

Em um ano, dois líderes de unidades Colombianas morreram de ataque cardíaco (vitimas de substancias químicas, que simulavam infartos), outro foi de um líder de unidade militar argentino que foi atropelado e outro líder de uma unidade militar do CAT de uma baixa divisão que foi vítima de latrocínio. Inclusive este ultimo era um dos mentores desta operação que Kongha está realizando foi morto. Foi ai que a estratégia mudou e as várias unidades CAT se unirão e formaram a única CAT - Brasil de hoje.


Com isso a vigilância do governo brasileiro ficou mais intensa com várias menções na mídia de que o CAT – Brasil agora seria mais um grupo de mercenários do que de brasileiros lutando por sua pátria. Porém tudo não passava de boatos e especulações políticas, e mesmo com tudo isso Kongha recebeu sinal verde da cúpula para prosseguir com seus preparativos, que culminaram com o seqüestro do Sea Fighter.



MISSÃO DADA É MISSÃO CUMPRIDA.


Adival
Autor



Qualquer coisa podem me chamar pelo msn: [email protected] que estou sempre disponível para ajudar na medida do possível.


Um grande abraço e até o próximo artigo.


Adival
Editor Geral





Utilidade Publica:

Precisa de votos ou assinaturas em seu jornal? Use o eR Voters Club





If you are interested in this article use the translatortool google or any other tool to translate from Portuguese language to your language.
 

Comentários

Andrews Longhi
Andrews Longhi Dia 1,825, 06:28

votado

Under Massimo
Under Massimo Dia 1,825, 06:53

CHUPA ESPANHA !!!

São 3 estrelas??? são????

AngelluS CAT
AngelluS CAT Dia 1,825, 07:48

Show de bola!

Kongha CAT
Kongha CAT Dia 1,825, 09:22

LOL muito bom! Lembrei do saudoso Waxton.

CAT Prophet
CAT Prophet Dia 1,825, 12:54

CATMAXXX!

Bohemias
Bohemias Dia 1,825, 16:45



MIAU EH NOS!

 
Publicar comentário

O que é isso?

Este é um artigo escrito por um cidadão do eRepublik, um imersivo jogo de estratégia baseado nos países do mundo real. Crie um personagem e ajude seu país rumo à glória. Torne-se um herói de guerra, um editor renomado ou um guru das finanças.