Ambient on/off

Sign up

 

Continue

Continue By creating an account you agree to the Terms of Service & Privacy Policy
Resend email   |  Can't find the email? confirmation@erepublik.com

Resend the confirmation email to this address

Resend email Can't find the email? confirmation@erepublik.com

O tão aclamado NAP.

Day 1,825, 07:20 by BrunoNunes

Em tudo na vida existe 2 formas de ver as coisas, faz-me lembrar aquele exemplo do copo meio cheio. No entanto existe pessoas que dizem que o copo está meio vazio, é toda uma forma de pensar e de ver as coisas. Com este NAP é a mesma coisa, existem 2 formas de ver a situação em si.

Se por um lado, olhando para a Economia e para a evolução dos jogadores, o assinar este NAP será uma boa solução. Noutros pontos este NAP será uma "desgraça".

Na minha opinião prefiro olhar para este NAP como um "copo meio vazio", é certo que tem situações boas mas acho que as situações menos boas se sobrepõem.

Na minha opinião, este NAP será muito mais benéfico para Espanha do que para Portugal. Servirá como desafogo para a Economia do país (perguntam vocês se para nós não será também, eu respondo que será. A diferença é que eles sendo um pais 4x maior que o nosso em população crescerão muito mais que nós), dotará mais os seus jogadores e assim que queiram tudo voltará ao mesmo.

A que custo é que isto será bom para Portugal? Não digo que não seja bom termos congresso, pouparmos em guerras e afins. Mas considero que se calhar não seja a melhor forma de o fazer. Também não consigo dizer bem o que poderia ser feito, caso contrário estaria noutros lugares, mas posso dizer que isto poderá não ser a melhor forma.

Um bom eJogo a todos,

Bruno Nunes

 

Comments

Lucifel
Lucifel Day 1,825, 07:47

1st denied!

Lucifel
Lucifel Day 1,825, 07:49

Isto tem várias implicações e tem vários problemas a serem considerados.

Factos:

- um tratado aceite no início das negociações uns meses atrás teriam sido bem mais favoráveis a PT;
- a limitação económica e militar tem gerado um sentimento de confiança do lado inimigo;
- não é uma decisão fácil e a própria sociedade divide-se.

Seja como for gostei do artigo, e por isso voted!

BrunoNunes
BrunoNunes Day 1,825, 07:53

@Lucifel: Sei que terá outras implicações pelo meio e que não é tão linear quanto isto, o intuito deste (e de todos os que escrevo e escreverei) é gerar boa discussão em torno do mesmo. Não critico por criticar, gosto de tentar fazer ver outras opiniões e melhorar se possível algo.

BrunoNunes
BrunoNunes Day 1,825, 07:55

- Do que me fui apercebendo e falando, existiu antes outros pactos concretos que poderiam ser mais benéficos e que não foram aceites.
- Essa questão da confiança será sempre uma questão temporal, isto na minha óptica. Querendo voltará tudo ao mesmo.
- Como referi o principal "problema" será o aumento de distância entre as 2 nações. Eles sendo mais fará com que cresçam/recuperem mais depressa.

Lucifel
Lucifel Day 1,825, 08:02

Penso que o maior obstáculo é a latinidade de que o Congresso Espanhol padece de forma notória. É aquele sentimento de superioridade e prepotência, que mesmo que momentaneamente possa ser verificado por resultados de batalhas ou de um ganho económico maior, não é senão uma fase de que as pessoas (ePaís) se tenta agarrar ao máximo que pode.

Juhannus Petrus
Juhannus Petrus Day 1,825, 10:25

Voted!
Falta a questão diplomática!
Com este NAP estaremos a virar as costas a quem sempre esteve do nosso lado, a Argentina e a Colômbia.

Gostei do artigo!

Paisana
Paisana Day 1,825, 14:55

Vim escrever aqui so para parar a chain de avatares dos havoc. Podem continuar..

BrunoNunes
BrunoNunes Day 1,825, 15:00

@Paisana: Muitos Parabéns, venceste o prémio para o comentário "mais egocêntrico" deste tópico.

Andrezinho.14
Andrezinho.14 Day 1,825, 20:19

Se fosse só deste ""topico""

Filipe de Cabanas
Filipe de Cabanas Day 1,826, 00:28

Para quando uma resposta dos espanhois??
se aceitam o nap ou não??

Temos de apertar con los chiquititos porque esperar em wipe só os beneficia a eles...

 
Post your comment

What is this?

You are reading an article written by a citizen of eRepublik, an immersive multiplayer strategy game based on real life countries. Create your own character and help your country achieve its glory while establishing yourself as a war hero, renowned publisher or finance guru.