[MoE - FILIPE - Art 18] Tutorial 5 - Eleições e Ditadura

Day 2,998, 20:24 Published in Portugal Portugal by Ministerio da Educacao ePT


Tutoriais já publicados
  - 1) Os Meus Lugares
  - 2) Força vs XP
  - 3) Guerras
  - 4) Partidos Políticos

 Olá, pessoal!

 Como hoje (ou amanhã, dependendo de quando leres este artigo) é dia de eleição, nada mais apropriado que um tutorial que fale a respeito das eleições (e da não-eleição, ou seja, as ditaduras). Este tutorial é uma continuação do tutorial sobre Partidos Políticos, portanto, se ainda não tiveres lido aquele tutorial, leia-o antes deste aqui!

Créditos:
 Tutorial original escrito por Thydan em maio de 2014 e adaptado e atualizado por Pony do Inferno. Parte do texto sobre as ditaduras foi escrito originalmente pelos jogadores MelkorPT e Bitorino.

Link para os tutoriais existentes no Fórum (ainda não atualizados)


P.s.: como sempre, se as imagens não estão a aparecer, coloque "https://" no início do link na barra de endereços do navegador.



1. Eleições

 A ida às urnas constitui um dos momentos mais importantes para o partido ou para o país e os dias que antecedem são dos mais ativos em termos políticos.

 Existem 3 eleições que ocorrem mensalmente: Eleições Partidárias, Eleições para o Congresso e Eleições Presidenciais. Só podes votar a partir de nível 14 e se tiveres o título de adulto (Completar Missão 13 - Alcançar 50 de força).



 Estas eleições ocorrem nos seguintes dias do mês:

  - Dia 5: Eleições Presidenciais
  - Dia 15: Eleições Partidárias
  - Dia 25: Eleições para o Congresso.

1.1. Eleições Presidenciais

 As Eleições Presidênciais ocorrem no dia 5 de cada mês. Todos os eleitores votam num dos vários candidatos a Presidente (CP).



Quem pode se candidatar a CP?

 Os requisitos mínimos para a candidatura são:
  1. Atingir o Nível 18;
  2. Ser membro de um partido;
  3. Receber, oficialmente, apoio de pelo menos um partido (cedido pelo presidente do partido)

 Caso hajam 6 ou mais candidatos, apenas serão elegíveis à votação 5 deles, sendo que serão os 5 com apoio de partidos com maior número de membros. Também é bastante importante o Programa e a Equipa que os candidatos apresentam por artigo de Jornal normalmente.

 Após Eleições, o candidato com mais votos será o Presidente de portugal. Em caso de empate, vencerá o jogador que tiver mais XP. Se o cidadão eleito já for congressista, perderá o seu lugar no Congresso Português.

O que o presidente faz?

 Compete ao Presidente e à sua equipa (os ministros) gerir o país em variados campos: militar, económico, social - relações internas e externas. O CP e sua equipa possuem acesso às orgs (organizações que representam os ministérios, as Forças Armadas etc.), podendo assim gerenciar os recursos que estas recebem conforme o orçamento

 Quais os ministérios específicos varia conforme o país, mas actualmente ePortugal conta com os seguintes:

  - MoD: Ministério da Defesa: coordena o poderio bélico da nação, tanto para defendê-la contra agressores quanto para lutar a favor dos aliados. Deve, através dos artigos de Ordens Diárias ou de mensagens para os comandantes das MUs, dizer aonde se deve ou não lutar, além de declarar Ordens de Combate (COs), nas quais uma recompensa em dinheiro é atribuída para os jogadores que causarem determinada quantidade de dano em uma guerra.
  - MoF: Ministério da Fazenda: responsável por gerenciar os recursos governamentais obtidos através dos impostos e outras fontes de renda, deve apresentar um orçamento com as receitas estimadas e as despesas correspondentes a cada ministério e função. Deve também pensar em como melhorar a arrecadação e reduzir gastos desnecessários para evitar déficits nas contas públicas e permitir que o dinheiro vá para onde é mais importante para a nação.
  - MoFA: Ministério dos Assuntos Exteriores: este ministério trata das relações diplomáticas, incluindo negociações para assinar Acordos de Proteção Mútua (MPP, as alianças militares que permitem aos jogadores em um país lutar por seus aliados) e os Acordos de Não-Agressão (NAP, onde dois países se comprometem a não iniciar ataques um contra o outro). Compete a este ministério buscar o melhor posicionamento de ePortugal perante os seus aliados (e não-aliados também!).
  - MoE: Ministério da Educação (somos nós!): é o ministério responsável por ajudar os novatos a continuarem no jogo, seja através de tutoriais (a educação propriamente dita), programas de apoio aos novatos (onde se doa ou empresta certa quantia em ouro para que estes possam melhorar seus campos de treino), ou mesmo de atividades recreativas que possam animar a comunidade (sorteios, jogos etc.).



 O Presidente tem ainda a capacidade de propôr um número ilimitado de Leis ingame no Congresso (mas não pode votar nelas). As leis que o CP pode propor são as seguintes:

  -Pacto de Proteção Mútua: Permite aos jogadores que estão localizados no país lutarem nas guerras de um aliado. Dura 30 dias, exige que ambas as nações aprovem o pacto, e custa 10.000 PTE para cada nação.
  -Declaração de Guerra: Declara guerra a uma nação vizinha. Custa 200 gold + 10% x (Qtde. de cidadãos de nível igual ou maior que 5 na nação atacante).
  -Proposta de Paz: Encerra uma guerra que está a ocorrer com outro país. Pode ser exigida uma certa quantia de gold da outra nação como tributo.
  -Ataque Aéreo: Propõe uma nação que não seja vizinha como alvo de um ataque aéreo.
  -Mensagem de Boas-Vindas: Alterar a mensagem de boas-vindas que um novo jogador recebe ao criar sua conta no país.
  -Embargo Comercial: Proibe por 30 dias a exportação e a importação envolvendo uma determinada outra nação.
  -Comprar Edifícios: Compra um hospital (para recuperar a energia dos jogadores que lutam) ou sistema de defesa (fornece dano extra em batalhas para defender o território). Não costumam ser mais utilizados.



Nota: A Presidência de um País é um cargo de enorme responsabilidade. Se os congressistas acharem que o Presidente está a fazer um mau trabalho, podem lançar uma lei de impeach, sendo aquele substituído pelo segundo candidato com mais votos.

1.2. Eleições para o Congresso



 O Congresso é, a par do CP, o órgão com maior relevo político no jogo.
Os congressistas votam e propõem leis que vão desde o módulo económico até ao módulo político, passando pelo militar e social. A posição de congressista é um cargo de responsabilidade, mas o facto de dar 5 gold por ser uma medalha, torna-o bastante apetecível para os jogadores cujo o interesse não é o cargo em si. Não seja esse jogador!

Quem pode se candidatar?

 Nas eleições para o Congresso, não se vota em jogadores individuais, mas sim em um partido, o qual apresenta a sua lista de candidatos. Nesta lista, os que estão na frente do ordenamento serão os primeiros a serem eleitos, de acordo com a porcentagem de votos que o partido receber.

Exemplo: Se um partido consegue eleger 8 candidatos e sua lista continha 14, os 8 primeiros entrarão para o Congresso e os 6 restantes não.

 Para um país como ePortugal, que possui 7 regiões naturalmente, serão eleitos normalmente 40 congressistas. Se algumas das regiões estiverem ocupadas, a quantidade de congressistas eleitos pode ser menor.

 De acordo com as regras ingame, é preciso ter 100 pontos de experiência para concorrer ao Congresso. No entanto, sendo o poder confiado aos Presidentes de Partido para escolher a ordem dos candidatos a congressista do seu Partido, é aconselhável que sejam bastante ativos dentro do vosso partido de forma a melhorar as chances de ser seleccionado. Actividade no feed do partido, na comunidade em geral, no fórum ou (quando o houver) no IRC, assim como ajudar os novatos, são algumas das maneiras de ser seleccionado, numa boa posição, para o Congresso. Esta é uma boa oportunidade de participação no jogo para um novato empenhado.

O que os congressistas fazem?

 A principal função de um congressista é votar e propor leis. Clicando em "propor uma lei", o congressista tem acesso a uma serie de leis. Poderá propor duas leis durante todo o seu mandato. Um congressista pode renunciar à sua posição clicando no botão "renunciar".



Nota: é altamente recomendável para os congressistas acessarem o Fórum, pois lá todas as leis são propostas e discutidas antes de serem propostas ingame - é o local utilizado pela comunidade para tal função. Como cada jogador pode propor apenas duas leis por mandato, se propuseres qualquer coisa sem discutir antes corres o risco de desperdiçar por nada as suas leis (e elas não serem aprovadas) - colocar uma lei sem discussão prévia é de péssimo tom! Além disso, nem sempre o que faz mais sentido na RL (ainda mais sob uma perspectiva ideológica específica) funciona no erepublik, por isso é bom discutires quaisquer leis que desejas propor no Fórum com os jogadores veteranos, assim saberás mais sobre o que funciona e o que não funciona.

Que leis podem ser propostas pelo congressista?

  - Imprimir Dinheiro: A um custo de 0.005 gold por PTE, esta lei permite a conversão do gold estocado no Tesouro Nacional para PTEs.
  - Doação: Transferir dinheiro do Tesouro do País para uma organização. Durante o período de votação de 24 horas, a quantidade de moeda proposta para transferência é "congelada".
  - Alteração dos Impostos: Permite alterar a taxa do imposto de importação (imposto sobre os produtos produzidos noutros países), do IVA (ou VAT, que é o imposto sobre os produtos manufacturados), e da Taxa de Trabalho (ou Work Tax, imposto deduzido dos jogadores quando estes trabalham nas suas empresas como gerentes ou como empregados nas empresas de outros jogdores). Nota: Nenhum imposto poderá ser inferior a 1%, nem superior a 99% para o Imposto de Importação ou 25% para o IVA e para a Taxa de Trabalho. As matérias-primas não têm IVA.
  - Salário Mínimo: Alterar o salário mínimo pago pelas empresas. Não poderá ser inferior a 0,10 PTE.
  - Impeachment: Remoção do actual Presidente de Portugal e colocação no seu lugar do candidato elegível que tenha recebido mais votos nas eleições presidenciais.
Requer 66% dos votos do Congresso para ser aprovado, e só pode ser votado a cada 7 dias.
  - Inimigo Natural: Membros do Congresso ou o presidente podem propor um país vizinho como seu inimigo natural. Se houver aprovação, após as 24 horas,a guerra terá início. Os cidadãos do país que propôs o estado de Inimigo Natural receberão 10% de bónus contra o seu inimigo natural.

  - Concessão de Cidadanias: Os congressistas são capazes de conceder a cidadania a cidadãos estrangeiros que pretendam receber a cidadania portuguesa. Cada deputado terá direito a X concessões de cidadania, conforme o número de congressistas em função, e estas não constam no limite de 2 leis por mandato.
  Nota: Devido ao risco de infiltração de jogadores estrangeiros hostis com objetivos de dar Take Over (TO), isto é, tomar o poder no lugar da comunidade nacional, as cidadanias devem ser discutidas sempre no Fórum antes da concessão.

1.3 Eleições para Presidente de Partido



 O Presidente do Partido tem o papel de gerenciar o seu partido, particularmente nos aspectos eleitorais (o ordenamento das listas ao Congresso e o apoio a candidatos a CP). Apenas os militantes de um partido podem votar nos jogadores que se candidataram à presidência desse partido. É frequente militantes de um partido candidatarem-se a Presidentes de outros partidos para ganhar o seu controlo (chama-se a isto Take Over - TO, assim como no caso similar dos estrangeiros tentando obter o controlo de outra nação. Não faça isso!).

 Cidadãos, obviamente, necessitam ser membros de um Partido para se poderem candidatar à presidência do mesmo. Necessitam ainda de ter um nível de experiência igual ou superior a 16. Para te candidatares deves aceder à página do teu partido e carregar no botão “Concorrer à presidência”.

 O Presidente de um Partido terá como Funções:

Ingame:
  - Editar detalhes do Partido;
  - Ordenar a lista de candidatos ao congresso;
  - Nomear/Apoiar um Candidato a Presidente;
  - Nomear o Staff do Partido.

OffGame: Gerir o Fórum e IRC do partido ou delegar funções nesse sentido.

 Consulta o tutorial sobre partidos políticos para mais detalhes sobre o funcionamento dos mesmos.


2. Ditaduras

 Uma ditadura consiste em um golpe militar no qual um jogador, comandante de uma MU, derruba após uma guerra civil o governo e o Congresso atuais, assumindo as funções legislativas e decisórias destes órgãos.

Como se inicia uma ditadura?

 Para se iniciar um golpe militar é preciso ser o comandante de uma MU do país o qual se pretende tomar o poder, e para avançar deve-se pagar 200.000 PTE. Após o pagamento, inicia-se um período de 3 horas, no qual outras MUs podem declarar apoio ao golpe militar. Após isso, inicia-se uma guerra civil.



 A guerra civil é como uma batalha como outra qualquer, durando até um dos lados ter 94 pontos. A diferença é que apenas cidadãos do país ou membros das MUs do país (independentemente da cidadania) podem lutar. Se fores de uma MU que deu ou apoiou o golpe, lutas pela ditadura. Caso contrário (cidadão do país ou membro de uma MU nacional que não apoiou o golpe), lutas contra o golpe e pela manutenção da democracia.

Nota: nem todos os golpes militares são necessariamente hostis ao sistema anterior. Em alguns países, acontecem as chamadas "ditaduras de proteção", nas quais o ditador dá o golpe com o apoio do CP ou do Congresso, e depois votará as leis após discussão com estes (geralmente em um Fórum externo). Estas ditaduras acontecem quando há risco de Take Over estrangeiro, tanto por vias eleitorais quanto por um golpe militar realizado por "infiltrados".

O que acontece em uma ditadura?



 A nível político, o Congresso perde todo o poder de voto - tal como o presidente (CP) eleito. Caso esteja em vigor uma Ditadura no dia 25 os partidos podem candidatar-se ao congresso e ser eleitos congressistas, como normalmente, mas não recebem gold por isso e não têm os poderes normais ingame. Em caso de Ditadura, todas as leis são da exclusiva competência do Ditador, e este pode propor (e votar) tanto as leis que podem ser propostas pelo CP quanto pelos congressistas. Durante o processo de votação pode ser mudado o Ditador e, com isso, mudado o sentido de voto. Cabe também ao ditador conceder as cidadanias.



 Se o comandante da MU não tiver cidadania desse país e se o golpe tiver sucesso, o comandante (que fica a ditador) passa automaticamente a ter cidadania do país. Um ditador em funções ganha uma medalha de ditador júnior todas as semanas e uma de ditador ao final de um mês inteiro de governação.

Nota: O Ditador é sempre o comandante da MU que iniciou o golpe militar (military coup). O que quer dizer que o ditador pode estar sempre a mudar, se andarem a trocar o comandante da MU.

Como se derruba uma ditadura?

 Para se derrubar uma ditadura tem que se ter também uma MU desse país e pagar 200.000 PTEs para se iniciar uma revolução. O comandante da MU que inicia a revolução, no caso desta ser bem sucedida, ganha uma medalha.


 E com isso completamos a série de tutoriais sobre o módulo político. Esperamos que tenham gostado e que estes tutoriais te ajudem a progredir no jogo!



P.s.: cidadãos, se houver algum erro ou informação desatualizada contida neste tutorial, por favor avise-nos para que possamos corrigi-la!


O vosso ministro preferido,

Duque de Aveiro

E toda a equipa do Ministério da Educação!