Hintergrund an/aus

Über meine Zeitung

Wiki öffnen

De um comunista para ePortugal.

[Candidatura conjunta a PP] Ricardo Rego e Sarronco

9 vor 3 Tagen Veröffentlicht in Portugal Portugal Politische Debatten und Analysen Politische Debatten und Analysen

Estimados leitores,

Após o meu regresso ao eRepublik e, consequentemente, ao PCeP, estabeleci como primeira meta pessoal acordar o partido e voltar a dar-lhe a força de outrora.

Esse estímulo foi sentido e prova viva disto, é o resultado das ú

mehr »

Está vivo e recomenda-se!

9 Tag 4,359, 11:12 Veröffentlicht in Portugal Portugal Politische Debatten und Analysen Politische Debatten und Analysen

Ao contrário do que talvez muitos de vocês pensariam, o PCeP conseguiu.

No artigo anterior expressei a necessidade de um congresso plural e diversificado. Além disto,

mehr »

Eleições à porta.

6 Tag 4,355, 07:41 Veröffentlicht in Portugal Portugal Politische Debatten und Analysen Politische Debatten und Analysen

Dia 25 está a aproximar-se e isso é sinónimo de mais umas eleições para o congresso.

Como muitos sabem, o PCeP está a acordar de uma fase de "dormência". Isto justifica o resultado das últimas eleições ao congresso, onde o partido apenas elegeu 4

mehr »

Solidariedade paga Solidariedade.

82 Tag 4,353, 16:01 Veröffentlicht in Portugal Portugal Die ersten Schritte bei eRepublik Die ersten Schritte bei eRepublik

Preciso da vossa ajuda para concluir a missão "Jornalista Júnior" e vou dar algo em troca!

Enfim, o regressar a uma antiga conta implica ter de voltar a fazer as missões iniciais todas, mais uma vez.

Para os que não se recordam da missã

mehr »

Mudança e Ambição [Candidatura a Congressista]

10 Tag 4,351, 06:49 Veröffentlicht in Portugal Portugal Die ersten Schritte bei eRepublik Die ersten Schritte bei eRepublik

Saudações a todos!

É sabido e poderão achar que o meu regresso ao eRepublik é ainda recente.
É compreensível que achem isso.

No entanto o estado de "dormência" que senti no meu partido, 5 anos depois, é assustador. Estou certo que sem uma

mehr »