Okolje ON/OFF

Registrirajte se

 

Naprej

Naprej Z ustvarjanjem računa se strinjam s pogoji uporabe & pravilnikom o zasebnosti

[Bitorino] Análise do poder militar das FAP

Dan 1,825, 07:08 Published in Argentina Argentina s strani Bitorino


Caros amigos,

Hoje trago-vos uma análise mais alongada do poderio militar do exército estatal português, tendo em conta o número de cidadãos inscritos na MU e o número de soldados que efectivamente lutam diariamente.
Será também tido em conta o dano dado diariamente e a variação do mesmo ao longo do período em análise.

Esta análise alargada tem em conta o período compreendido entre o dia 1725 e o dia 1824. Ou seja, um total de cem dias. Os dados, como sempre, foram recolhidos do http://egov4you.info/, pelo que não tenho qualquer responsabilidade sobre eles.

Antes de passar aos dados, só uma nota. Já sei que alguns jogadores vão dizer que nem todos os soldados que estão nas FAP são verdadeiros soldados FAP. Quanto a isto duas notas apenas: Com a criação das Milícias FAP essa questão fica, de certo modo, resolvida. Por outro lado, a existência de jogadores que não pertencem verdadeiramente a uma MU - seja por não usarem o avatar ou por não trabalharem numa das empresas da MU - é algo transversal a todos os exércitos portugueses, pelo que se torna pouco relevante para a análise efectuada.

Assim, de imediato passamos ao que interessa.






(tabela completa em http://tinyurl.com/bh3gjbw)



Cidadãos vs Soldados

Um dos dados que, desde logo salta à vista nestes quadros, prende-se com o rácio de jogadores que lutam face ao números dos que estão inscritos no exército estatal português. Em termos médios, nos últimos cem dias, estiveram inscritos nas FAP 324 cidadãos. Destes, em média mais uma vez, apenas 169 lutaram diariamente. Ou seja, 52,16% dos cidadãos inscritos.

Ao longo destes mais de três meses de análise, verificamos ainda que o máximo de cidadãos que estiveram inscritos nas FAP foram 374 jogadores (nos dias 1817 e 1818).
No dia 1735 foi atingido o mínimo de soldados inscritos - no período em análise. Nessa data eram 283 os cidadãos inscritos no exército estatal português.

De notar, igualmente, que nesses mesmos períodos, o número de soldados que lutaram variou entre os 180 (63,6% lutou no dia 1735) e os 172 (45,9%, no dia 1818). Ou seja, curiosamente, no dia em que um menor número de cidadãos se encontrava inscrito nas FAP - e estamos a falar de uma variação de quase cem cidadãos entre o pico máximo e mínimo - foi um dos dias que melhor rácio de soldados a lutar teve.

Já no que diz respeito aos picos máximos e mínimos de soldados a lutar no dia, verifica-se que o dia 1811 foi aquele em que mais jogadores lutaram durante este período, atingindo-se um total de 218 lutadores.
O dia 1805 representou o pico mínimo - e anormal - de soldados a luta. Segundo os dados do eGov, neste dia só 66 soldados lutaram (de 305 cidadãos inscritos). Ou seja, mais de metade do segundo valor mais baixo, atingido no dia 1795 com um total de 124 soldados (de 309 inscritos).



Influência Diária

O dia 1811 representa, no período em análise, o pico máximo de dano das FAP, com um total de 257 106 350 de dano dado. Nesse dia lutaram 218 soldados de 338 cidadãos inscritos no exército estatal.

Em sentido inverso, o dia em o dano das FAP foi menor ocorreu no dia 1805, com um total de 45 231 920. O segundo valor de influência mais baixa registou-se em 1730, para um dano de 47 686 030 (331 cidadãos e 171 soldados).





Análise Pessoal

Sucessivos governos têm prometido uma reformulação das FAP, de modo a que esta recupere o prestígio de outrora. No período em análise estão incluídos quatro governos - contando com o actual.
Já algumas coisas foram feitas - como a reorganização dos soldados nos diferentes regimentos e a criação das Milícias FAP. É de louvar o esforço que tem sido feito, pois o trabalho é brutal e (como quase sempre) inglório pois os resultados não se obtêm no imediato.

Contudo, e na minha opinião, é preciso ainda trabalhar uma área: a da actividades dos cidadãos inscritos nas FAP, de modo a aumentar os rácios de influência e tanking do exército estatal. E é preciso apostar no fortalecimento dos seus soldados (o que não se obtem, de todo, com bónus de food), de modo a aumentar a capacidade de dano.

Para uma unidade militar com uma média de 300 cidadãos inscritos, ter um rácio de 52,6% dos jogadores a lutar não pode satisfazer de modo algum. Mesmo que este não seja um cenário exclusivo de Portugal, já que outras MUs com números de inscritos similares aos das FAP, o rácio de participação não varia muito. O que varia mais é mesmo o dano infligido.


Espero que este artigo possa servir, de alguma forma, aos responsáveis das FAP e do Governo.

Só mais uma nota. Peço-vos que me ajudem a divulgar ao máximo este artigo, uma vez que ele não aparece nos feeds de noticiários de Portugal.

Hugs and kisses

Bitorino

~~~~ SHOUT THIS ~~~~
[Análise] Cem dias de dano das FAP
http://tinyurl.com/FAP100Dias
~~~~ SHOUT THIS ~~~~


 

Komentarji

Jazzychaz
Jazzychaz Dan 1,825, 07:21

Voted!

Telmo Cadavez
Telmo Cadavez Dan 1,825, 07:59

Votado!

Já agora, quais as condições que a FAP dá aos seus membros nos dias que correm?

Dpito
Dpito Dan 1,825, 08:09

Votado!
Uma coisa que podia ser apontada na analise feita é os acontecimentos dos dias em destaque, ou seja, o porque de num dia o dano ter sido tão elevado/baixo (se houver uma possível razão externa), quanto ao número de soldados inscritos eu lembro-me que houve uma grande actualização dos membros num destes períodos, saber qual foi seria também interessante pois pode explicar algum desnivelamento.
Bitorino sempre a informar a população, muito bom!

teXou
teXou Dan 1,825, 08:11

Votado

Toboco
Toboco Dan 1,826, 01:43

Votado

Mr. Scrat
Mr. Scrat Dan 1,826, 05:47

\o

PretenderHT
PretenderHT Dan 1,826, 07:56

Como as devidas ressalvas já foram feitas, resta-me só acrescentar que essa incidência de actividade é comum às maiores MU's, de livre entrada, o mesmo se regista nos partidos, muitos são novatos que jogam 1 ou 2 dias e depois desistem do jogo, o que nos levará à velha discussão da retenção dos novatos...

John Bokinski
John Bokinski Dan 1,826, 09:10

Um pormenor, o número de jogadores inscritos nas FAP no Egov também tem limpezas períodicas por isso ns dias em que baixa o número de jogadores inscritos, não baixa o número de joadores activos.

 
Objavi komentar

Kaj je to?

Prebirate članek, ki ga je napisal državljan eRepublika, izjemne večigralske strateške igre, ki temelji na državah iz resničnega življenja. Ustvarite svoj značaj in pomagajte vaši državi doseči slavo medtem ko se uveljavljate kot vojni junak, znan založnik ali finančni mogotec.