Ambient on/off

Sign up

 

Continue

Continue By creating an account you agree to the Terms of Service & Privacy Policy

Os Arquivos Secretos da Presidência do eBrasil.

Day 924, 17:39 Published in Brazil Brazil by eGoNich

<img src="http://i700.photobucket.com/albums/ww6/nich29/orascunho.jpg">

O Rascunho - Dia 924 - Edição nº10

Esta é uma data especial para &quot;o Rascunho&quot;. Hoje, no dia 924 do Novo Mundo, completamos uma dezena de edições a serviço da população do eBrasil. E para comemorar a data, &quot;o Rascunho&quot; revela aos seus leitores &quot;os segredos da presidência do eBrasil&quot;.

<img src="http://i700.photobucket.com/albums/ww6/nich29/1-secret.jpg">

Neste já não tão breve espaço de tempo que este editor tem dedicado ao eRepublik, várias perguntas tem ocorrido a respeito da Presidência do eBrasil no eRepublik, a respeito dessa posição efêmera que alguns jogadores ocupam no cenário eNacional durante o curto espaço de um mandato.

As dúvidas não são a respeito do governo em si. Para isto há dezenas de artigos dizendo como não se deve governar, como se deve governar, como se pretende governar, como o governo deveria ter sido conduzido, etc, e a lista é bem extensa.

Não, as dúvidas que temos são diferentes. Estão mais ligadas as experiências pessoais do presidente do que à condução política do governo do país, são mais práticas, mais íntimas, mais pessoais!

O Rascunho quer saber quanto ganha o Presidente do eBrasil, quer saber quais são os conchavos necessários para governar o epaís, quer saber se o vaso sanitário da Presidência tem assento do borracha, se o bidê é azul ou rosa, quer saber se existe mesmo o teste do sofá etc.

E quem pode nos contar isto? Apenas alguém que já foi presidente do eBrasil.

Por conta disso &quot;o Rascunho&quot; foi atrás de ItsMeYoshi, que gentilmente abriu os arquivos secretos da presidência do eBrasil.

<img src="http://static.erepublik.com/uploads/avatars/Citizens/2009/07/04/181d201c617f6bef6f3dfecdbc50d8d8_100x100.jpg">

1 – Depois que você foi eleito presidente, mudou alguma coisa na sua forma de encarar o jogo? Rolou um sentimento de responsabilidade diferente?

Eu sempre fui uma pessoa consideravelmente pragmática aqui no jogo - ao menos no que tange à política, sempre busquei espaço de implementação de melhorias, muito mais do que &quot;virar as coisas de cabeça pra baixo&quot;. Acho que depois de um mandato na Presidência, esse aspecto ficou ainda mais forte, porque você percebe muito claramente que a grande questão não é achar as &quot;soluções mágicas&quot; pra tudo - o grande problema é conseguir implementar um sistema de gestão eficiente, que consiga coordenar inúmeros fatores da comunidade brasileiro aqui no jogo. Muitas vezes as respostas não são tão difíceis de achar, o problema é implementá-las com sucesso. Outra coisa é que não acho que haja uma única &quot;maneira certa&quot; de fazer as coisas - uma forma que, no papel, é mais eficiente que outra, pode funcionar muito pior ao ser implementada, simplesmente porque talvez seja complexa demais pros jogadores, talvez haja fatores sociais (as pessoas rejeitam essa forma de fazer as coisas), etc, etc. Enfim, nesse sentido, não acho que tenha mudado, mas sem dúvida esse aspecto da minha personalidade ficou acentuada. Quando você é presidente, sua grande preocupação não é &quot;encontrar respostas&quot;, e sim fazê-las funcionar. Isso é algo que muitas vezes as pessoas não entendem. De vez em quando a gente vê artigos na mídia que oferecem muitas sugestões, melhorias, novos processos, enfim, as pessoas pensam sobre o sistema de governo e pensam em soluções, e muitas vezes estas soluções são extremamente válidas. A grande questão, no entanto, é que o que predomina na cabeça do presidente (e do governo) é como fazer isso funcionar, que é algo, em alguns casos, extremamente difícil.

Enfim, acho que isso é algo que as pessoas talvez deveriam ter em mente. O grande problema do governo não são idéias - idéias há muitas, inclusive algumas das idéias que se dizem &quot;renovadoras&quot;, já havia idéias semelhantes ou exatamente iguais 1 ano atrás. O grande problema do governo é como implementar, como fazer funcionar, como fazer a coisa andar. Isso é algo que qualquer presidente sente muito forte durante o mandato, e algo que normalmente acaba &quot;marcando&quot; a mentalidade do jogador.

2 – E no tratamento dispensado pelos outros jogadores? Muito tapete vermelho, coquetéis, bajulação? Qual são as deferências concedidas ao presidente do eBrasil?

Não muito, não. De vez em quando tem um perdido que trata você de &quot;Sr.Presidente&quot; hauahuahuau, mas fora isso é normal...uma coisa que eu percebi é que subitamente, quando vc tem medalha de presidente, as pessoas passam a prestar atenção nos seus comentários em artigos e tal, algo que jamais acontecia comigo antes lol

Em questão de bajulação, acho que tá mais pro contrário...presidente recebe umas 30, 40 mensagens todo dia com reclamações, xingamentos, dúvidas de novatos, etc, etc...

<img src="http://i700.photobucket.com/albums/ww6/nich29/2-tapete.jpg">

3 – Uma pergunta que todos gostariam de fazer: qual é o salário do presidente do eBrasil? Ganha uma coisa, alguma vantagem?

Ganha uma medalha difícil e 5 gold (atualmente ganha menos, pq a maioria dos mapas do tesouro não tá dando nem 4g hehehehehe)

<img src="http://i700.photobucket.com/albums/ww6/nich29/3-patinhas.jpg">

4 – E quanto à formação da equipe? São verdadeiros os boatos do chamado “teste do sofá”? O boato é de minha autoria rsrsrs).

lol :P em geral, as equipes são formadas pelas pessoas mais qualificadas pra cada área dentro do &quot;grupo social&quot; do candidato. Quando eu digo &quot;grupo social&quot;, to falando das pessoas que o candidato mais convive, as pessoas que ele conversa sempre, que ele conhece e confia e tal...basicamente, as equipes são feitas assim, o candidato precisa de um ministro da defesa, ele vai ver quem ele conhece que pode mandar bem nessa área, que tem conhecimento e experiência, e que tenha temo e disposição...a única exceção talvez seja quando alguns candidatos fazem equipes baseadas em critérios partidários, ou seja, um outro partido &quot;indica&quot; pessoas pra alguns cargos em troca de apoio nas eleições...mas no meu caso, não houve nada disso, até pq minha candidatura foi só do PIL (com apoio do PDB, mas fora do mecanismo do jogo).

5 – Na real life o chefe do executivo não consegue governar se não fizer concessões, acordos políticos, alianças, que normalmente acarretam o fatiamento do Estado entre os diversos partidos que compõem a base. No teu caso, você precisou fazer isso? Esta teria sido a razão para ter, por exemplo, 3 Ministros da Defesa?

Que nem eu disse acima, isso não aconteceu no meu caso. A minha candidatura foi feita principalmente por mim mesmo, pelo rafael noval, junecaz e o marco polo. Depois disso, a gente pediu apoio do PIL e do PDB. Não houve nenhum tipo de &quot;concessão&quot;, a gente mandou o projeto e a equipe pro PIL e pro PDB, se eles gostassem eles davam apoio, se não gostavam, não apoiavam. No caso do PIL, foi quase natural o apoio, já que sou do PIL desde que comecei a jogar. O PDB, eles discutiram no senate minha equipe e propostas, gostaram e deram o apoio (não deu tempo de colocar no sistema o apoio, então ficou por fora mesmo). A gente escolheu a equipe pensando nas pessoas que conhecíamos que tinham uma qualificação legal pra levar cada setor do governo, pensamos em algumas idéias e propostas que queríamos levar pra frente, e fomos vendo quem mais se adequava à isso. O critério principal foi sempre tempo disponível, bom conhecimento da área, e disposição pra trabalhar com a equipe. No caso dos 3 ministros de Defesa, a gente não tinha ninguém com grande experiência na área e muito tempo disponível, por isso a gente foi atrás de 3 pessoas que sempre trabalharam na área militar, e resolvemos &quot;promover&quot; eles a Ministros. A idéia de ter 3 pessoas é que eles poderiam se ajudar e complementar as competências um do outro. Pessoalmente, acho que sempre deveríamos ter mais de 1 ministro de Defesa, é muito trabalho e ter mais de uma pessoa tira um pouco da pressão.

6 – Nos bastidores do governo no eRepublik também é aplicável a máxima do TCR (“tire a cabeça da reta”) – cada um usa a anatomia conforme achar conveniente –, tão comum na vida real, onde não se encontra o responsável pelas eventuais falhas?

É por isso que sempre temos o Megaduck no governo - se der merda, precisa ter um &quot;duck&quot; pra levar a culpa :P

7 – Eu tenho um amigo que costuma dizer a seguinte frase: “a culpa é minha, eu coloco em quem eu quiser”. Quando você era o presidente, a culpa de tudo era sua (do bom e do ruim). Depois que você deixou o governo, na gestão do seu sucessor, ocorreu um episódio em que a SISPRO foi flagrada fazendo doação com o chapéu alheio (o nosso chapéu). Na lógica daquela frase, se você fosse o dono da culpa, em quem você colocaria?

A responsabilidade é sempre do Presidente. Talvez seja isso o mais estressante do cargo, que apesar de não estar cuidando de tudo diretamente, a responsabilidade ainda é sua. O Presidente pode delegar tarefas, mas não pode delegar responsabilidade, faz parte do cargo. Veja bem no entanto, há uma diferença entre responsabilidade e culpa. No caso da SISPRO, por exemplo, a culpa não é do Presidente - ele confiou em alguém, e essa pessoa usou essa confiança pra roubar do governo. Sinto dizer, mas é impossível colocar no governo apenas pessoas que você confia 100%, sempre há a possibilidade de alguém desonesto, tudo que se pode fazer é tentar diminuir ao máximo essa probabilidade. A responsabilidade do caso, no entanto, ainda é do Presidente, e ele precisa assumir isso e tomar as providências necessárias.

8 – Desde que comecei a jogar o eRepublik eu ouço que quem de fato manda no eBrasil é o Jazar. Ele seria o grande coordenador de tudo o que acontece no epaís, dentro e fora do cenário nacional. Até que ponto isso é verdade? Se não é verdade, você sabe de onde surgiu essa “lenda urbana”.

lol não, não é verdade :P o jazar é uma pessoa muito bem conectada internacionalmente, e amigo de mta gente aqui no Brasil, então talvez isso passe a idéia de que ele seja o &quot;grande chefe&quot; por trás de tudo, mas não é verdade. No meu governo, por exemplo, o Jazar era Comandante Supremo da Phoenix, então ele era tratado basicamente como um oficial da Phoenix, mas ele não decidia coisas pelo governo brasileiro. Mesmo as decisões militares, que envolviam a Phoenix, quem fez a decisão foi sempre eu, depois de discutir com o junecaz (vice) e os ministros da defesa, além das pessoas do Estado-Maior que estivessem online. No caso da campanha na África, por exemplo, quanto estávamos lutando contra a Austrália, a Phoenix queria que a gente fizesse uma RW numa das regiões logo no começo. O Jazar trouxe isso pra gente discutir, e discutimos com todo mundo. Apesar das instruções da Phoenix, da opinião do Jazar, ainda assim a ficou decidido não fazer a RW - foi uma decisão minha, e a decisão que conta é a do Presidente, sempre (aliás, foi uma decisão errada, mas não vem ao caso heheheheheh). Enfim, só um exemplo pra deixar mais claro como funciona as coisas - o Jazar, atualmente, é do Estado-Maior, ele dá sugestões, e ele sempre tem opiniões fortes (é do perfil dele), mas quem decide é sempre o Presidente.

9 – O Rascunho foi o primeiro jornal a entrevistá-lo antes da eleição – aliás, naquela época era um nicho não explorado. Depois disso, os jornais dedicados às entrevistas explodiram. Você concedeu quantas entrevistas depois de eleito? Você acha que a sua entrevista em nosso jornal serviu para reavivar o gosto pela entrevista na imprensa nacional?

Foram muitas hehehe nem sei quantas, mas realmente virou uma certa moda :P Acho legal que O Rascunho se dedique à isso, é um ramo pouco explorado pela mídia eu acho, e poderia ser ainda mais be utilizado. Ao invés de apenas entrevistar pessoas e publicar a entrevista na íntegra, seria legal se mais pessoas fizessem entrevistas como base de pesquisa para artigos, algo que eu até já fiz algumas vezes, e ajuda MUITO na construção de artigos. Depois você pode colocar algumas citações no artigo e tal, fica legal =)
<img src="http://i700.photobucket.com/albums/ww6/nich29/3-jornalista.jpg">

10 – Quais são os seus planos para o futuro no eRepublik?

Poxa, por enquanto, só continuar vivo hauhauhauha eu comecei a mobilizar uma re-organização do exército, algo que começamos no final do meu governo e não deu tempo de completar, então a idéia era fazer isso no mandato do Reshev, mas eu fiquei sem tempo, começaram provas e trabalhos na faculdade, e depois de 1 mês quase totalmente dedicado ao jogo, precisa de um tempo pra arrumar minha vida hehehehehe enfim, por enquanto espero continuar levando isso pra frente (independente de qual governo esteja aí, espero que a gente consiga dar continuidade às melhorias no exército). Acho que eu também vou voltar ao meu jornal, sempre foi basicamente a coisa que mais me animou no erep.

*************

O Rascunho agradece mais uma vez ItsMeYoshi pela ótima entrevista! Também deseja boa sorte nos projetos, seja no eRepublik, seja na real life.
Aproveita a oportunidade para anunciar que gostaria de entrevistar Jazar, esta figura lendária do eBrasil, e que já anunciou a sua candidatura à Presidência. Não sabemos se ele acompanha o nosso pequeno jornal, mas se acompanhar, fica o convite que será reiterado, oportunamente, por mensagem in game.

 

Comments

Missurunha X
Missurunha X Day 924, 17:47

pertamax

eZepe
eZepe Day 924, 17:49

kkkk

Missurunha X
Missurunha X Day 924, 17:49

gostei da &quot;A culpa é minha e eu coloco em quem eu quiser&quot;

grande frase do Hommer

eZepe
eZepe Day 924, 17:50

votado pelo bunitin do clark \o/

gabrielunderlineum
gabrielunderlineum Day 924, 17:50

Bom artigo, estou lendo.

Peoge
Peoge Day 924, 17:56

sem pertamax para mim
Ótima entrevista. shoutarei

RETNiW
RETNiW Day 924, 18:07

Pelo menos voltaremos a ler as ótimas análises do Yoshi sobre as guerras! lol

UnderCow
UnderCow Day 924, 18:09

Boa entrevista. Parabéns.

Megaduck
Megaduck Day 924, 18:13


&quot;É por isso que sempre temos o Megaduck no governo - se der merda, precisa ter um &quot;duck&quot; pra levar a culpa &quot;

Não gostei disso
eu sempre pago o pato

Niv_Mizzet
Niv_Mizzet Day 924, 18:18

Mt legal a entrevista.

Toboco
Toboco Day 924, 18:26

Muito boa a entrevista! VOTADO!

Polonsky
Polonsky Day 924, 18:42

Po mto boa a entrevista! Perguntas bem diferentes do que se vê geralmente.. parabéns!

Votado e Subs pra não perder as próximas!

Dio Sulejmani
Dio Sulejmani Day 924, 19:30

eu gostei!
mas Yoshi vc esqueceu de dizer que o poderoso chefão é o junecaz!
auehaoiuehaoieuhie

mmbeuren
mmbeuren Day 924, 19:38

mt bom votei

Dextroyerr
Dextroyerr Day 924, 20:19

muito boa entrevista

quero ver manter a qualidade com o próximo entrevistado

abraço

ePocalypse
ePocalypse Day 924, 00:38

Voted from UK, although I don't understand a word of it :p

Lord Evilll
Lord Evilll Day 925, 10:21

é nóis, votado

JhonnyD
JhonnyD Day 925, 10:37

votado

Paul Warfield II
Paul Warfield II Day 925, 11:32

votado ^^

Antonius ONG
Antonius ONG Day 925, 12:21

gostei da &quot;A culpa é minha e eu coloco em quem eu quiser&quot;

MELHOR FRASE DO ANO ...

Pelo Menos Melhor aqui do meu escritorio ...

Antonius ONG
Antonius ONG Day 925, 12:26

Com relação a entrevista , muito boa !

Perguntas inteligentees e respostas sinceras . Gostei .


Concordo muito com

&quot; A responsabilidade do caso, no entanto, ainda é do Presidente, e ele precisa assumir isso e tomar as providências necessárias. &quot;

E no caso da sispro o presidente se fez de morto , uma vergonha ...

Estarei aqui para lembra-los sempre desse episodio.

C4nis
C4nis Day 925, 12:26

muito legal, perguntas bem elaboradas.

 
Post your comment

What is this?

You are reading an article written by a citizen of eRepublik, an immersive multiplayer strategy game based on real life countries. Create your own character and help your country achieve its glory while establishing yourself as a war hero, renowned publisher or finance guru.