Ambient on/off

Sign up

 

Continue

Continue By creating an account you agree to the Terms of Service & Privacy Policy
Resend email   |  Can't find the email? confirmation@erepublik.com

Resend the confirmation email to this address

Resend email Can't find the email? confirmation@erepublik.com

[OP] A dor da separação e seis passos para recomeçar

Day 1,885, 10:02 by Lutzein


O término de uma aliança não é tarefa fácil. A boa notícia é que a dor vai passar. Antes do alívio, porém, algumas fases serão inevitáveis. Raiva, negação, depressão e inquietação, as sensações podem partir e voltar. "O que machuca não é só a perda de um companheiro, mas o medo de ficar sem todo o pacote: os artigos de amizade mútua, a ajuda nas batalhas, entre outras coisas", diz o especialista em comportamento humano S.E.Palmeiras, professor das Faculdades Glamour (FAG).



Segundo o "psicoterapeuta" Ryan Cullen, para muitos a separação é vivida como um momento de luto. Ele observa que o rompimento é ainda mais difícil para países com um longo tempo de MPP. “Prepare-se para um tsunami”, avisa sobre a provável devastação emocional.



O partidário do ODIN, Gulitiwi, sabe bem o que é isso. Uma aliança com a Romênia, tão boa no começo, deixou marcas que ainda não se apagaram, mesmo após tanto tempo. “Foi uma aliança cheia de turbulências, pois a Romênia apoiava o TO da Nemesis no eBrasil. Tivemos bons momentos, claro, como naquele lance das cidadanias para alguns romenos, ou quando ajudamos a apagar a Hungria. Mas ainda posso sentir o desgaste que a aliança trouxe”, conta ele.



É difícil quebrar o vínculo rapidamente com alguém que foi tão próximo. Porém, para a separação ser menos dramática, S.E.Palmeiras recomenda que as lembranças da antiga aliança sejam reduzidas. “Manter artigos, prints e outras coisas do ‘ex’ no fórum ou ingame é sinal de que você ainda não se separou”.



Há pouco tempo, o piauiense EddieJoe, 64, fez uma faxina nos amigos adicionados após o término da aliança com a Argentina. “Não queria nenhum vínculo”, diz. Determinado, o ex-Presidente do eBrasil se livrou de tanks doados por Argentino e deu unsub no jornal do ex-namorado argentino de um importante eJornalista argentino. “Eu estava muito desconfiado, pessoas me diziam coisas sobre a Argentina”, relembra. Diante de tantas suspeitas, o Argentino não vacilou: terminou o namoro com ele lançou um artigo apoiando a entrada definitiva na EDEN e os TOvers romenos.



Segundo Mr.Levi, aquele que toma a iniciativa da separação – por vontade própria, sem que a descoberta de uma traição o empurre para isso – já está em vantagem porque escolheu o momento certo para encerrar o romance a aliança. Contudo, na maioria das vezes, quem termina também sofre. Do outro lado, é preciso, claro, sentir a perda para então superá-la de forma otimista, recuperando a individualidade e o gosto pela vida.



Kush diz que o luto pela “morte” de uma relação aliança tende a durar de seis meses a um ano. Em casos quase patológicos, como se vê em alguns grupos, pode chegar a dois anos. Sobre os primeiros meses após o término, EddieJoe conta: “Chegava a falar com a minha mãe umas três vezes por dia, durante horas, e só chorava. Foi um período muito difícil. Eu não estava pronto para terminar”, diz ele.

- Experiências determinam novos relacionamentos

“Estabelecer novas relações foi complicado devido ao trauma e também à decepção por ter falhado. Acho que isso é comum, sentir culpa e frustração. Hoje o eBrasil é aliado de outros países, mas certamente entrar em uma aliança não está nos meus planos”, afirma PedreiroRC.



EddieJoe conta que o término do namoro da amizade com os romenos o deixou mais desconfiado em relação aos homens outros paises. “Demorei meses para conseguir sair com outra pessoa bater por outro país. E o que mais me deixava triste era saber que ele já estava saindo com outros batendo contra o eBrasil, mas eu não conseguia dar esse passo. Atualmente, se um argentino diz que jamais quer que a Argentina volte a ser amigo do eBrasil, por exemplo, eu já acho que estão mentindo”, diz.



Para o terapeuta Jazar, também professor das Faculdades Glamour (FAG), as pessoas devem controlar a ansiedade causada pela solidão. “É preciso ter paciência para não embarcar logo numa relação aliança sem saber por qual motivo a outra não deu certo. A solução é colocar sempre o eBrasil em primeiro lugar e levar a eVida adiante, mas agora, com uma experiência inesquecível nas costas na conciência”, aconselha.



- Seis lições para recomeçar

1. Não se apegue a lembranças: Esqueça que a Argentina foi aliada durante algum tempo. Esqueça que os Croatas eram gente boa. Quanto menos prints, artigos sobre a separação e pessoas desse país adicionadas você tiver, mais suave será a ruptura. Ter jornais dos agora inimigos ainda assinados faz relembrar batalhas, trolls e sonhos. Os especialistas dizem que, depois da separação, as lembranças não precisam ser necessariamente apagadas, mas mantidas bem longe -- pelo menos por um bom tempo.

2. Avalie os pontos frágeis do relacionamento da aliança: Colocar as cartas na mesa para você mesmo sobre o que poderia ter funcionado melhor no relacionamento aliança pode ajudar na hora de buscar explicações para o término. É necessário também discutir com outras pessoas, para avaliar se sua postura é a mais correta. Essa análise franca deve servir para promover um ponto final íntimo (UI!), e não para remoer mágoas e achar culpados.

3. Curta o período de liberdade: Após a separação, é bom aproveitar a liberdade para conhecer novas pessoas fazer MPPs com outros países, realizar antigos projetos, como passear pela Ásia ou simplesmente ficar na sua própria e ótima companhia, no bom estilo Farmville. É o momento ideal para recuperar a individualidade antes de entrar em uma nova relação aliança.

4. Não caia na tentação de “trocar um santo pelo outro”: A velha história de curar um "amor" perdido com outro novo em folha nem sempre faz sentido. Fragilizado, o grupo pode se magoar facilmente e estabelecer relações de carência e dependência com o aliado antigo.

5. Não procure culpados: A culpa prende ao passado. Um relacionamento é feito por dois lados que devem se dedicar de forma igual à relação. Não foi o caso da Argentina ou da Romênia, por exemplo. Por isso, não se deixe tomar por questionamentos como “onde foi que errei” ou “o que devo mudar”, pois nem sempre essas perguntas trazem respostas.

6. Aceite a decisão alheia: Porque outros grupos decidiram conjuntamente e em maioria pela separação, isso não significa que eles sejam culpados. Muito menos o outro lado, pois eles provavelmente estavam conspirando para deixar o eBrasil há muito tempo, portanto, não te queriam mais.

Mas se nada disso adiantou para acalmar a dor, tenha em mente que provavelmente seu relacionamento de anos deu certo, ele só não foi eterno.

PS: Este artigo é uma adaptação com conteúdo humorístico, com a intenção de fazer uma crítica a alguns problemas do eBrasil Se não gostou, fazer o quê? Se gostou, comenta aí! ;D
 

Comments

Lutzein
Lutzein Day 1,885, 10:02

PERTAMAX NEGADO!

Lazarus VIII
Lazarus VIII Day 1,885, 10:13

^^

SEP II
SEP II Day 1,885, 10:29

bunita mensagem...

Ryan Cullen
Ryan Cullen Day 1,885, 10:34

psicoterapeuta, é?

gostei : 3

Kush
Kush Day 1,885, 10:49

v5

Merece a leitura. Humor com sarcasmo é ótimo.

Greywacke
Greywacke Day 1,885, 11:12

Meu Deus, quanta inutilidade,..... extremamente engraçada!

E quantos membros da FAG, dos quais eu nem desconfiava!

Zetyro
Zetyro Day 1,885, 11:26

+v

Lazzarisouza
Lazzarisouza Day 1,885, 11:53



criatividade MAX

Diego Virmond
Diego Virmond Day 1,885, 11:54

Lindo texto!

Diego Virmond
Diego Virmond Day 1,885, 11:54

Lindo texto!

Gislaine
Gislaine Day 1,885, 12:07

Votado o/

Walker Alone
Walker Alone Day 1,885, 12:09

kkkkkkkkk

TheRockk
TheRockk Day 1,885, 12:21

Todos que leram o artigo do inicio ao fim, favor me adicionar aos amigos

Remy GambiT
Remy GambiT Day 1,885, 12:21

Boa! v+

Marcellus Bracara
Marcellus Bracara Day 1,885, 12:22

pqp kkkk

Carol do Cerrado
Carol do Cerrado Day 1,885, 12:24

gostei

nW0lf
nW0lf Day 1,885, 12:43

Hahahahaha, melhor impossível.

Dio Pumba
Dio Pumba Day 1,885, 13:07

Esse Ayato é foda.

kkkkk

Show!

Gulitiwi
Gulitiwi Day 1,885, 13:42

kkkkk votado

YanCurtis
YanCurtis Day 1,885, 16:23

asudahsd

teXou
teXou Day 1,885, 16:32

Tive que votar no artigo.

Mr. Levi
Mr. Levi Day 1,885, 17:00

Lindo

EddieJoe
EddieJoe Day 1,885, 17:04

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk... ótimo artigo como sempre, Ayato.

Btw, mas eu sou piauiense u.u

Lutzein
Lutzein Day 1,885, 17:11

HAHAHAHHA

Sempre confundo. Anyway, é quase do lado, Eddie. ;x

PS: Vou corrigir. ;x

EddieJoe
EddieJoe Day 1,885, 18:09

kkkkkkkkkkkkk... unhun '-'... do ladinho '-'... só 1000 km de distância '-'.

lindo =**

Louro Silva
Louro Silva Day 1,885, 19:45

Eu votei neste artigo.

Ai Dento
Ai Dento Day 1,885, 20:47

kkkkk

muito bom, uma dose de humor sempre alivia as coisas.

MAs achei um erro:

você aponta 5 sugestões.

Mas falou 6.

Foi proposital?

PretenderHT
PretenderHT Day 1,886, 01:54

Porreiro pá.

Lutzein
Lutzein Day 1,886, 03:44

Ahahahahah
Adicionei a sexta aos 45 do segundo tempo, Marcio. Vou corrigir, valeu.

PedreiroRC
PedreiroRC Day 1,886, 06:04

AHUAHUAHUAUHAUHA, boa ayato!!

Caio Apuleio
Caio Apuleio Day 1,886, 10:57

votado!

AngelluS CAT
AngelluS CAT Day 1,886, 16:31

Votei pq vc é engraçado as vezes.

Luft Raf
Luft Raf Day 1,886, 20:35

que viadagem é essa?

 
Post your comment

What is this?

You are reading an article written by a citizen of eRepublik, an immersive multiplayer strategy game based on real life countries. Create your own character and help your country achieve its glory while establishing yourself as a war hero, renowned publisher or finance guru.