Hintergrund an/aus

Anmelden

 

Weiter

Weiter Mit Erstellen eines Benutzerkontos akzeptierst du die Nutzungsbedingungen & die Datenschutzerklärung

5 Razões para não perseguir BH fáceis

Tag 1,820, 11:59 Veröffentlicht in Portugal Spanien von Helida fragoso

Esta analise tem como "publico alvo" as Div1 e Div2


Razão 1 - XP (Experience)

Mais experiência nem sempre é o desejável neste jogo, especialmente antes de atingirmos a divisão 4,

Quando apenas treinamos e trabalhamos, a nossa XP aumenta uma média de 10-20/dia,

Quando fazemos isso mais completar a D.O a XP aumenta de 70 a 90/dia,

Quando perseguimos uma BH a nossa XP aumenta entre 200 a 400/dia,







Avançar muito rápido em termos de Ranking e XP sem assegurar um nível de força generoso faz de nós players com pouca expressão e "utilidade" no campo de batalha (ou os "capados" como diz o Sr Coisinho)

E o nosso retorno do dano dado vs custo de dano (armas) é muito baixo



Fazendo de nós uma má aposta como candidatos a distribuição.




Nota:

Abaixo de 1k força para Div1 e 2,5k força para Div2 a distribuição de Armas por parte das MU ou GOV tem de ser analisada pelo baixo impacto que tem na batalha e custo elevado na nossa frágil reservas de armas,

Em contrapartida as Bazoocas e Rockets tem um rácio de impacto muito positivo para low strengh players e pode-se começar a planear stock de batalhas baseado não apenas nas Div mas na sua força


2- TP (True Patriot)

A perseguição das BHs fáceis levam-nos quase todas as vezes para o estrangeiro e o dano que usamos por esse pais atrasa o acumular de dano para as medalhas TP que no inicio são uma excelente fonte de Gold para investirmos em força.

É simples acumular 20Gold em TP se nos focarmos em batalhas Portuguesas
o que se traduz em 10 BH (nivel1)

3- Tempo e CC´s (country currency)

Por mais facil que seja a BH ela tem sempre um custo,
O transporte, pelo menos 100FF , 10 a 20 Tanques , Rockets, Barritas e Bazoocas
Mesmo as BH mais simples podem nos custar 7 dias de bazoocas mais entre 1 a 3 Gold de despesas com food e tank´s

4- Reputação

Num jogo social reputação é tudo, e temos de dar o máximo para a proteger, Se somos players que somos vistos apenas a pensar em nós e pouco na comunidade e todas as manifestações verbais de patriotismo são assombradas com a procura BH fáceis, seja a ir para o estrangeiro, seja a dar dano apenas em batalhas ou estágio de batalhas que já não tem condições de ser ganhas)
Vamos perdendo mais e mais o contacto com a nossa comunidade , seja a nível de comunicação ou entre ajuda.

5- Pátria

É (ou devia ser) o motivo pelo qual nos unimos, pelo qual lutamos, o que defendemos e o que nutrimos.

Pátria deve estar acima do individuo , porque ela, juntamente com cultura sobrevive ao ser.

Mesmo quando não temos território para defender, devemos ter uma identidade que nos unifique, um ideal que nos identifique e que perdure entre gerações de jogadores.

E Ser-se mercenário não conjuga muito, com ser-se patriota.





 

Kommentare

pr3t3nd3rPT
pr3t3nd3rPT Tag 1,820, 12:37

votado!

M4st3rM1nd
M4st3rM1nd Tag 1,820, 13:40

votado

Minho Village
Minho Village Tag 1,820, 13:48

Quero BH, e quero o ouro das BH!!!! Muahahaha
Sempre que vir BH mais fáceis de conquistar só se não tiver possibilidade é que não vou lá buscá-las.
O jogo é feito em comunidade mas a componente individual está presente e se jogarmos com cabeça não vejo problema em conquistar as BH e depois ter calma nos dias posteriores para treinar.

Lutar por Portugal está mais que visto que é uma luta por 3 dias. A mim chateia-me dar Dano para uma região a prazo e não ganhar uma BH sequer.

pedrishi
pedrishi Tag 1,820, 13:54

votado e subscrito, gosto bastante dos teus artigos pq me fazem perceber a nova dinamica de jogo dos mais recentes jogadores

Andrezinho.14
Andrezinho.14 Tag 1,820, 14:00

Como de tudo na vida, deve ser doseado...
Não tem interesse ter jogadores ativos parados na D1, nem mesmo na D2... o objetivo do jogo é evoluir e lutar e para ganhar guerras é preciso ganhar D4 e D3

Muitos se gabam que conseguimos competir com os taçardos na D1 e D2... eu não vejo nenhum gosto nisso, apenas satisfação por termos muita gente ativa.
Mas isso não chega.
Falando no interesse nacional, LUTEM, TREINEM, EVOLUAM
Não vivam é acima daquilo que podem. Só isso

Andrezinho.14
Andrezinho.14 Tag 1,820, 14:02

Já nem refiro que a maioria das distribuições a mercs são para D3 e D4
E para quem não é auto sustentavel(quase ninguem agora), as dists são essenciais.

Não vejo vantagens/interesse em "prender" nas divs mais baixas

Pdias7
Pdias7 Tag 1,820, 15:38

Excelente artigo, sem dúvida.
Embora o conceito de easy BH dependa muito de jogador para jogador.

De resto 5 estrelas.

Parabens.

Epicatres
Epicatres Tag 1,820, 17:07

A analise é boa, mas acaba por fortalecer o que já existe, que é a procura fácil de BH's, onde grande parte das vezes o dano podia e deveria ser canalizado noutras batalhas e como referes o factor reputação (fácil/vendida).

O grande problema que surgiu no jogo, foi o facto de a divisões militares serem expressas em XP e não em força, o que é absolutamente ridiculo...

Senhor Coisinho
Senhor Coisinho Tag 1,820, 17:09

Escreveste o meu nome para me incentivar a ler os artigos até ao fim...seu sacana!
Já andava a perguntar a mim mesmo por onde é que andavas caro Helida! Tens andado "ausente".

Mais uma vez, uma excelente análise de uma realidade de que poucos jogadores mais antigos se apercebem. O desenvolvimento dos novos jogadores passa maioritariamente pelos conselhos dos "veteranos", se todos tiverem esta análise em mente o futuro de ePortugal é risonho!

Senhor Coisinho
Senhor Coisinho Tag 1,820, 17:10

Se alguns jogadores tivessem esta noção básica em mente talvez se evitassem alguns comentários menos agradáveis quando se sugere a diminuição (ou eliminação) das distribuições gratuitas de "armas para a DO".

Já agora; um valente propz para o Zé Alface, o verdadeiro pai da expressão "geração de capados".

Helida fragoso
Helida fragoso Tag 1,820, 20:46

@Andrezinho.14 - Concordo ctg se o foco é jogabilidade e em termos de factor humano, seria muito chato ser-se mecânico e esperar vários meses para se "jogar a sério"

Agora de um ponto de vista puramente lógico,

Se esta comunidade fosse uma empresa e eficiência fosse prio,

Se o objectivo fosse: vamos lá aumentar a quota de "mercado" de ePortugal independentemente das nossas limitações.

Helida fragoso
Helida fragoso Tag 1,820, 20:52

Então os apoios militares e o papel do governo teriam de ser revistos, a distribuição teria de ser estudada para obter o maior retorno no campo de batalha,

Porque um player Div 1 força 100 precisa de 530 Q7 para atingir 600k dano e um player de 1400 força para o mesmo dano só precisa de 50Q7,

As batalhas ganham-se com dano, não com força de vontade.

Mas como disseste e bem "deve ser doseado" nem 8 nem 80, se bem que numa posição de escassez de recursos o "80" seria mais produtivo.

Helida fragoso
Helida fragoso Tag 1,820, 20:57

@Minho Village - nós tambem adoramos as BH heheh , devemos colher agora mais uma por ePortugal (sempre conta para a TP)

@Epicatres- excelente perspectiva , realmente as divisões seriam mais "justas" se fossem divididas por Força, ou então que a força tivesse um papel mais relevante na XP

Esperemos é que o Erepublik crie mais DIV (talvez 7 ,tantas quando o numero magico que existe) porque na Div4 vai começar a haver muita disparidade de dano (pro-visa vs sem-visa)

Helida fragoso
Helida fragoso Tag 1,820, 21:00

@Senhor Coisinho - Já conheces os truques todos esta-se a ver. hehehe

Daqui a um anito quando os campos de treino chegarem a Q7 vai ser mais notório essa segregação:
os capados(eunucos) vs Potentes vs Visa-masters

Helida fragoso
Helida fragoso Tag 1,820, 21:41

A questão chave, é quanto mais larga for a diferença de força entre players da mesma DIV ,

(causada pelo aumento da força dos campos de treino + capacidade económica de cada jogador)

Mais o governo tem de prestar atenção à força a quem dá Dist (sejam locais ou merks)

Porque passar Q7 para um player com pouca força para a sua divisão é mandar cc para o lixo

teXou
teXou Tag 1,821, 01:34

A troika tournou-se eTroika.

Passos Coelho
Passos Coelho Tag 1,821, 02:08

LUTEM, TREINEM, EVOLUAM

wookinz
wookinz Tag 1,821, 03:28

Concordo com quase tudo, exepto no custo de uma bh facil na div1.
Em certos paises, em certas horas, consegui fazer bhs com 60k danos, 2 hits, 4xp.
De resto, V

Minho Village
Minho Village Tag 1,821, 10:47

Eu já consegui uma BH por 40000 de dano.
Não me digam que eu não devia ter ficado com ela!!!

Helida fragoso
Helida fragoso Tag 1,821, 12:35

Vocês são muito sortudos

Toboco
Toboco Tag 1,821, 13:23

Votado....

Sempre muito bom teus artigos!!

Aliás.....BH em DI e DII como disseram depende muito.

Sinceramente quem é ativo (não clone..e que gostou do jogo) pega logo BHs fáceis sem perder muita experiência.


Mas é importante frisar GUARDAR DANO e BAZOOKAS e BARRAS para a hora do pega pra valer.....

jorgejunior
jorgejunior Tag 1,821, 16:28

V mas vou ler tudo outra x porque é noite e tenho sono...Os teus artigos são muito bons mas para serem lidos à tarde, depois comento novamente Abraço

patacofalso
patacofalso Tag 1,822, 06:39

v

Pekymens
Pekymens Tag 1,822, 10:28

Muito bom!

SabatonBIH Tag 1,822, 10:29

Kommentar gelöscht

jorgejunior
jorgejunior Tag 1,822, 11:32

O conceito de BH fácil é um pouco vago. Digamos que para mim uma BH fácil não é aquela que dou pouco dano, mas sim aquela que tenho lucro ao fazê-la contando com os gastos todos.
Estes artigo no entanto é uma excelente análise de dano/força/xp etc.
Quanto a ser mercenário ou patriota, isso será sempre os dois lados da balança de cada jogador, na sua evolução individual. Podemos ser um pouco dos dois mas desta forma nunca seremos os melhores só num....

jorgejunior
jorgejunior Tag 1,822, 11:35

Gostava de ver bons líderes no país, talvez conseguissem motivar os portugueses a serem mais unidos em prol de um objetivo comum. Sem união lamento mas não haverá nada para ninguém e EPT caminhará para um país de mercenários.

Abraços a todos e como já tenho dito, admiro o esforço e dedicação deste jornal a apresentar artigos que valem a pena ler e em que os comentários são produtivos e sem ataques pessoais.
Abraços

 
Deinen Kommentar veröffentlichen.

Was ist das?

Dieser Artikel wurde von einem Bürger von eRepublik, einem interaktiven Mehrspieler-Strategiespiel auf Basis real existierender Länder, geschrieben. Erstelle einen eigenen Charakter und verhilf deinem Land als Kriegsheld, anerkannter Zeitungsherausgeber oder einflussreicher Finanzmann zu Glanz und Gloria.